Aviso / Notice

Este blog se encontra desatualizado, inativo e arquivado como conteúdo estático. Eu continuo a eventualmente postar em to-post.it/henriquev. Um serviço simples de blog para usuários de Twitter criado por mim. Todo o conteúdo deste blog continuará existente no mesmo endereço de antes.

This is blog is out-dated, inactive and archived. I continue to post eventually on to-post.it/henriquev. Using a simple blogging service for Twitter users that I created.

Estou também em / find me also on:



Canalha quer escravizar todos

Os canalhas do Estado não ficam parados em buscar cada vez mais um jeito novo de explorar você. Agora um dos vagabundos quer escravizar diretamente não apenas uma parte, mas qualquer indivíduo que atinga 18 anos de idade.

Mangabeira quer obrigar jovens a prestar serviço social

BRASÍLIA - O ministro da Secretaria de Assuntos Estratégicos, Mangabeira Unger, defendeu nesta terça-feira que os jovens de 18 anos que forem dispensados do serviço militar obrigatório sejam enviados ao interior do país, para serem aproveitados no serviço social obrigatório. A idéia faz parte do Plano Nacional de Defesa, elaborado por Mangabeira e pelo ministro da Defesa, Nelson Jobim. Se o jovem dispensado do alistamento militar estiver fazendo curso superior, ele seria encaminhado para algum trabalho em sua área de atuação.

- O jovem que está iniciando uma formação universitária vai trabalhar de acordo com seu ramo. Por exemplo, um arquiteto vai ajudar a construir casas populares. Um engenheiro vai ajudar a fazer saneamento básico. Se não tiver o terceiro grau, vai receber a educação complementar para poder engajar-se - explicou Mangabeira.

Por exemplo, um arquiteto vai ajudar a construir casas populares. Um engenheiro vai ajudar a fazer saneamento básico.

Esse jovem seria capacitado militarmente para compor uma “força de reserva mobilizável”, a ser utilizado em casos de necessidade. Mangabeira espera que, dessa forma, o adolescente conheça melhor a realidade de seu país, conviva com seus problemas e trabalhe com pessoas de classes sociais diferentes.

Segundo ele, nesse sistema, até as mulheres seriam obrigadas a servir. Para o professor Gilberto Garcia, presidente do Conselho de Reitores das Universidades, a idéia é boa, mas há uma preocupação sobre os custos envolvidos na proposta.

- Se (esses serviços) pudessem se casar com os programas sociais que as universidade já têm seria ótimo, porque baixaria os custos para o governo e para as universidades - sugeriu.

Publicada em 16/09/2008 às 23h00m
Catarina Alencastro - O Globo

O que eles não tramam para implementar a URSAL? O único grande problema para eles deve ser escolher qual filho da puta será o ditador!

1 Response to “Canalha quer escravizar todos”


  1. 1 Wendell

    Até que é uma boa idéia…mas poderia ser facultativo :P

Comments are currently closed.